Trabalhando para Deus

Estou a 1 dia da realização de um evento que ajudamos a organizar na Igreja de Pinheiros, trata-se do EJC – Encontro de Jovens com Cristo. Essa será a 4ª edição, um evento que acontece 2 vezes ao ano com objetivo de fazer com que jovens de fato conheçam Cristo.

Em 2011, fomos a Maceió aprender com uma igreja de lá como fazer, para que pudéssemos replicar na Igreja de Pinheiros. Tive dúvidas se conseguiríamos, algumas atividades, ao meu ver, seriam impossíveis de serem realizadas exclusivamente por nós, mas em 2012 realizamos o primeiro. Davi tinha acabado de nascer, então não pude estar nessa ocasião, participei apenas do planejamento (As reuniões sempre acabavam assim: “ Se Davi não tiver nascido, nos encontramos semana que vem!). E desde então, temos mantido a frequência de 1 por semestre. O que era inviável aos meus olhos, aconteceu.

Porém, no 2º, 3º e agora no 4º estaremos lá, se Deus quiser. Mas toda essas introdução para dizer como trabalhar na Igreja me dá prazer, me faz ter outra percepção das minhas habilidades, tenho um outro desempenho quando comparo com as atividades que desenvolvo na vida secular. Tenho os mesmos conflitos, mas são mais leves, são literalmente por uma boa causa. Um dia, vou me dedicar full time a isso. Eu me dou muito mais, eu tenho alegria nisso, eu me preocupo mesmo com o resultado. E o resultado não tem nada a ver com dinheiro, com números, com o que o mundo acha que é sucesso. O processo pode ter sido executado todo fora do padrão, porque o que importa para nós são as pessoas, as outras vidas. Isso ficou muito claro para mim nesse 4º EJC, mesmo ele nem tendo acontecido ainda.

Um evento como esse requer muito planejamento antes, divisão de trabalho em equipes, previsão de orçamento e acompanhamento de gastos realizados, proatividade e sabedoria para lidar com adversidades , com pessoas que são tão diferentes de mim, tão melhores que eu.

Nesse em especial, estou mais nervosa, talvez porque a responsabilidade tenha aumentado e por esse mesmo motivo, orei bem mais. Orei e pedi para que orassem por mim, por nós.  Além de todas as outras coisas, ter Deus como o chefe, o cabeça, o líder, dá a segurança que ninguém pode nos dar: Ele é perfeito, Ele nos capacita, Ele permite que ninguém perceba nossos possíveis erros, Ele nos ensina sem cessar e não desiste da gente. Ele nos dará a vitória ao final.

Quero que o dia de amanhã chegue logo, porque quero sentir tudo aquilo que sempre sinto e muito mais. Quero ver os milagres que ocorrerão ali, quero me divertir com meus irmãos (e como nos divertimos), quero chorar de alegria quando acabar, quero ver o agir poderoso de Deus naquele lugar. E depois, poder contar tudo, ou melhor, quase tudo que vivi nesses dois dias.

2 comentários sobre “Trabalhando para Deus

  1. Oi Rafa, tudo bem?
    Meu nome é Raquel, sou líder de jovens da IPI de Vila Palmeiras (na zona norte de SP). E duas jovens na minha igreja, a Fernanda e a Sara, participaram do último EJC. Voltaram maravilhadas pelo agir de Deus e a forma como você e o Diego trabalham juntos. Meu pai pastor comentou que a sua igreja tem visão missionária, e como nós temos buscado igrejas irmãs que também tem este foco, eles me incentivaram a te procurar para a gente bater um papo e “trocar algumas figurinhas” sobre o ministério com os jovens. Eu estava procurando o seu contato e achei o seu blog, acabando me identificando com muitas coisas que você escreve! Vai ser um prazer poder te conhecer pessoalmente. Fica aqui os meus contatos: 11 98457-8532 e raquelcarvalho89@gmail.com; jovens@ipivp.com.br

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s