A la Bia Bomfim

Ai, é muita pergunta para uma mulher só!! Sou muito prática, muio descansada com as coisas, planejo pouco na minha vida pessoal, diferente do que faço nas empresas onde trabalho e isso contraria a expectativa das pessoas em relação às respostas às inúmeras perguntas que as pessoas têm me feito.

Esse planejamento de antes do bebê nascer me tira um pouco a paciência. Eu escolhi o papel de parede em 2 minutos e o berço e cômoda em outros 2 minutos. Fui em 2 lojas e escolhi o que queria. Não tenho esse negócio mulherzinha demais e pelo menos o primeiro é um menino, então não dá pra ter muito fru fru nas coisas escolhidas.

Já montou o quarto? Já comprou as roupinhas? Já comprou o carrinho? Vai trabalhar depois do bebê nascer? Qual o tema do quarto? Como vai ser o parto? Está fazendo exercícios?  Está passando creme para estrias?

Sei que a curiosidade é normal, as perguntas são cabíveis e não fico chateada quando uma pessoa querida me faz, extremamente normal o questionamento. Mas essas perguntas vão me dando um pânico, existem mil possiblidades, mil opções, mil coisas que vendem que eu não sei se precisa, as pessoas me perguntam umas coisas que eu nem sei pra que serve. Sei lá qual a diferença entre um culote, um body, um mijãozinho… Sorte que google é um bom amigo.

Marido fica me perguntando o que ando comendo,  só fica mandando eu sentar, ficar quietinha, meus sogros sempre ficam falando pra eu não engordar, meu pai toda vez que liga fala para eu não fazer esforço… Minha barriga é baixa e a maioria das pessoas faz esse comentário, que até agora eu não sei se é bom ou ruim, ou tanto faz. Baixa ou não baixa não posso fazer nada, a não ser carregá-la até o fim. Na minha opinião, estou no máximo da elasticidade, sinto um incomodo da barriga esticando, nem sei explicar, e todo mundo sempre diz “Ainda tem muita barriga pra crescer”. E eu dando tudo de mim pra levar uma vida normal com essa aqui que eu estou.

Acho fofo ver roupinhas, ver coisas para o quarto, pensar no que falta comprar, até planejo algumas coisas, mas às vezes só queria esperar o Davi chegar sossegada, sem ter que resolver tantas coisinhas.

Sei que muitos dirão: “Aproveita agora porque depois não dá tempo pra nada, é muito pior e blá blá blá” Sim, eu sei disso já na teoria. aliás, todo mundo diz isso desde que vi as duas listrinhas no teste da farmácia. É que nem aquela outra clássica: “Aproveita pra dormir agora porque depois você não vai conseguir” Gente, se eu dormir os 9 meses seguidos, vou ter sono depois do mesmo jeito. Esse ensinamento não faz sentido…

Nada é mais incrível do que ter um bebê dentro de você, mexendo horrores e crecendo a cada dia. Mas só para compartilhar que tem uma parte não glamourosa e que me aflige, que tira minha paciência às vezes. Aprendi isso com uma grávida muito prática, uma grávida da vida real, a Bia Bomfim, que está esperando a Maitê e que assim como eu também vê o lado não fofo da gravidez.

2 comentários sobre “A la Bia Bomfim

  1. Desabafou hein!
    Essa sua praticidade é admirável. Isso deve falhar em coisas q exigem ser mais minimalista….mas o fato de vc ser rápida já te torna diferenciada…:D

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s